Mapa do Site     
Domingo, 20 de janeiro de 2019.

CPF:
   
Senha:
   

Não possuo senha
Esqueci minha senha



Você já leu o Regulamento do seu Plano de Benefícios?

Sim
Não



Resultado Parcial

Webmail Glossário PROCNET Guia do Participante Estatuto do Idoso Links




 

O Globo Online
Publicada em 23/04/2009
  

Trem do Pantanal sai na próxima semana

O Trem do Pantanal encontra-se em Sorocaba, no interior paulista, passando por ampla reforma em sua estrutura interna e externa, bem como na sua parte mecânica. Ele fica pronto na próxima segunda-feira e parte no mesmo dia rumo a Campo Grande, passando por Bauru e Três Lagoas. A previsão da empresa Serra Verde é que a viagem dure aproximadamente três dias até chegar à Capital, dependendo das condições de trafegabilidade proporcionadas pela empresa América Latina Logística (ALL).

A viagem inaugural acontece 8 de maio, contando com a presença do presidente Luis Inácio Lula da Silva, do governador André Puccinelli e demais autoridades do Estado. Os trabalhos de reforma iniciaram há 45 dias e visam garantir toda a segurança e conforto para os passageiros. Além da lataria, estão sendo revistos e trocadas peças envolvendo freios, eixos, engates, equipamentos de suspensão, rolamento, entre outros acessórios.

Iniciamente, o Trem do Pantanal irá circular com cinco vagões de passageiros, todos com ar condicionado, um vagão destinado ao restaurante e outro destinado a serviços gerais, incluindo a cozinha. É nesse vagão que estará acoplada a locomotiva. Conforme estimativa do empresário Adonai Aires Arruda Filho, desde que a Serra Verde Express resolveu apostar nesse projeto, foram investidos aproximadamente R$ 1,6 milhão, para dar condições do trem de passageiros ser reativado em Mato Grosso do Sul, obedecendo todas as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres.

A primeira viagem comercial acontece no dia 16 de maio, sendo que dezenas de passagens já foram comercializadas. Inicialmente o Trem do Pantanal irá operar com capacidade para transportar 280 passageiros. Um vagão envolve a classe econômica, cuja passagem até Miranda custa R$ 39,00. Outros dois vagões serão turísticos (R$ 77,00). Os vagões executivos e camarotes custarão R$ 126, contando com serviço de bordo com lanche, água, refrigerante, cerveja e comissário bilíngüe. As saídas de Campo Grande a Miranda acontecerão sempre aos sábados, às 7h30min, com previsão de chegada às 18h00. Já o retorno será sempre aos domingos, saindo 8h30min, chegando em Campo Grande por volta das 19h15min.

O governo do Estado intensificou o ritmo de trabalho, visando concluir a refoma de todas as estações ferroviária (Indubrasil, Piraputanga, Taunay, Aquidauana e Miranda). Os operários estão trabalhando na pintura dos prédios e reparos finais da parte elétrica e hidráulica, bem como no paisagismo dos imóveis. Já a ALL também está reforçando a segurança dos trilhos nas estações, sendo que em alguns locais estão sendo trocados os dormentes.

A empresa garante que até final do próximo ano irá concluir a manutenção da estrada de ferro entre Miranda e Porto Esperança, dando condições que o Trem do Pantanal chegue finalmente a Corumbá. Quando estiver operando nesse trecho, serão disponibilizados pela Serra Verde sete vagões para passageiros, dando condições de transportar 400 pessoas.


 

Voltar      

 

Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social - REFER
Rua da Quitanda, 173 - Centro - 20091-005 - Rio de Janeiro - RJ.
Central de Relacionamento com o Participante: 0800 709 6362
Todos os direitos reservados.