Mapa do Site     
Domingo, 20 de janeiro de 2019.

CPF:
   
Senha:
   

Não possuo senha
Esqueci minha senha



Você já leu o Regulamento do seu Plano de Benefícios?

Sim
Não



Resultado Parcial

Webmail Glossário PROCNET Guia do Participante Estatuto do Idoso Links




 

Comunicação Institucional
Publicada em 22/05/2013 09:18:40
  

Licitação do Metrofor tem 5 consórcios concorrentes

22/05/2013 - Diário do Nordeste

Cinco consórcios concorrem à licitação da Linha Leste do Metrô de Fortaleza - Cetenco - Acciona, Construcap Copasa, Mendes Júnior - Soares da Costa - Isolux, Metrofor e Mobilidade Urbana, confirmando a previsão informada ontem pelo Diário do Nordeste. Durante o processo, iniciado ontem na Procuradoria Geral do Estado (PGE), o secretário de Infraestrutura, Adail Fontenele, disse que a ideia é entregar, até o fim de 2014, as estações do Centro e Papicu. É um trajeto que tem uma grande demanda. É uma meta a ser atingida, e isso é tecnicamente possível, analisa o secretário.

As 13 empresas que participam da licitação apresentaram à Comissão Central de Concorrências os documentos de habilitação e as propostas de preço por valor não superior a R$ 2,5 milhões. Agora, a comissão iniciará a análise das documentação, abrindo, em seguida, prazo para recursos. Depois dessa fase, será marcada a data de abertura das propostas.

A licitação da Linha Leste é histórica e diferenciada. Estamos tendo um cuidado muito especial com as obras do metrô, por ser um projeto de grande responsabilidade. Daqui a seis ou sete anos, teremos um belo sistema metroviário, prevê Adail Fontenele.

A Linha Leste terá 12,4 quilômetros de extensão e ligará o Centro ao Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Edson Queiroz. Ao todo, serão 12 estações: Sé, Luiza Távora, Colégio Militar, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF, Cidade 2.000, Bárbara de Alencar, Centro de Eventos e Edson Queiroz.

Integração

O equipamento será operado com trens elétricos que devem transportar cerca de 400 mil pessoas diariamente. Se integrará às linhas Sul (em fase de conclusão), Oeste, ao ramal Parangaba-Mucuripe (em obras) e aos terminais de ônibus. A linha subterrânea seguirá, em boa parte, o trajeto da Avenida Santos Dumont.

A Linha Leste integra o programa Mobilidade Grandes Cidades, do governo federal, que garantiu recursos da ordem de R$ 2 bilhões ao projeto, sendo R$ 1 bilhão financiado pela Caixa Econômica Federal.

Recursos

O governo estadual entra com pouco mais de R$ 1 bilhão de contrapartida, recurso que será utilizado para a Parceria Público Privada, que vai contemplar todo o material rodante, sistemas e a operação dos quatro metrôs de Fortaleza.

Os recursos estaduais também serão destinados a projetos, administração de obra, desapropriações ao longo do percurso e remoção de interferência.

Tuneladoras

As duas primeiras tuneladoras (de um total de quatro) para a construção dos túneis da Linha Leste já estão prontas, com os testes de fábrica previstos para o período de 27 de maio a 14 de junho. Os equipamentos devem chegar ao Porto do Pecém no fim de julho. As máquinas custaram R$ 128,2 milhões.


 

Voltar      

 

Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social - REFER
Rua da Quitanda, 173 - Centro - 20091-005 - Rio de Janeiro - RJ.
Central de Relacionamento com o Participante: 0800 709 6362
Todos os direitos reservados.