Mapa do Site     
Domingo, 20 de janeiro de 2019.

CPF:
   
Senha:
   

Não possuo senha
Esqueci minha senha



Você já leu o Regulamento do seu Plano de Benefícios?

Sim
Não



Resultado Parcial

Webmail Glossário PROCNET Guia do Participante Estatuto do Idoso Links




 

Comunicação Institucional
Publicada em 19/12/2014 12:29:06
  

Lideranças de classe vão a CGU em Brasília
cobrar dívida da União com a REFER

      Em quatro de dezembro, líderes de classe se deslocaram do Rio de Janeiro para Brasília a fim de cumprir às 10 horas da manhã, agenda com o Dr. Valdir Agapito Teixeira, Secretário Federal de Controle Interno da Controladoria Geral da União. A audiência foi agendada para tratar a Dívida da União (RFFSA) com a REFER, tendo em vistas recente correspondência enviada pelas entidades de classe à CGU, exigindo providências quanto ao imediato pagamento.

      Recebidos com singular atenção pelos representantes da CGU, a REFER foi representada pelo diretor financeiro eng.º Carlos Moulin, enquanto que os órgãos de classe se fizeram presentes através da Associação dos Aposentados da RFFSA, presidente  estatístico Nelson Fernandes Cruz; Associação dos Engenheiros Ferroviários-AENFER, presidente  eng.º Luiz Euler; Associação Mutua Auxiliadora da Estrada de Ferro Leopoldina-Mutua, presidente Raymundo Neves,  que também representou a Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários – FNTF, na pessoa do ministro Hélio Regato; Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Leopoldina – AEEFL, presidente eng.º  Almir Ferreira Gaspar; advogada contratada Ana Carolina R. de Oliveira;  Dr. Cidmauro Lima, da Auditoria da ANTT, em Brasília . Pela CGU o Secretário Federal Valdir Agapito se fez acompanhar de três assessores.

      Após os agradecimentos formais pela concessão da audiência e a apresentação dos representantes dos órgãos de classe dos ferroviários, o eng.º Carlos Moulin fez ampla explanação sobre a situação da dívida da União com a REFER que demanda mais de 10 anos pondo em risco o pagamento dos benefícios. Por sua vez, os representantes dos órgãos de classe falaram sobre a NOTIFICAÇÃO que enviaram solicitando providências da CGU junto ao Secretário do Tesouro, através do titular da Secretaria do Tesouro Nacional - STN, tendo em vistas que tal autoridade vem desrespeitando a legislação da previdência complementar.  Foi ressaltado que a própria CGU no exame meticuloso do processo administrativo emitiu Notas Técnicas atestando a certeza, a liquidez e a exatidão da dívida.

      Por fim, o Dr. Valdir Agapito disse que por parte da CGU não tinha nenhuma dúvida quanto à legalidade da dívida.


 

Voltar      

 

Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social - REFER
Rua da Quitanda, 173 - Centro - 20091-005 - Rio de Janeiro - RJ.
Central de Relacionamento com o Participante: 0800 709 6362
Todos os direitos reservados.