Mapa do Site     
Domingo, 20 de janeiro de 2019.

CPF:
   
Senha:
   

Não possuo senha
Esqueci minha senha



Você já leu o Regulamento do seu Plano de Benefícios?

Sim
Não



Resultado Parcial

Webmail Glossário PROCNET Guia do Participante Estatuto do Idoso Links




 

Comunicação Institucional
Publicada em 29/09/2015 15:39:31
  

Veja como foi a entrega da Condecoração Engenheiro Paulo de Frontin e a cerimônia de posse dos novos Conselheiros

A Aenfer realizou na manhã desta quinta-feira (24), a entrega da XVIII edição da Condecoração Engenheiro Paulo de Frontin e a cerimônia de posse de 1/3 dos novos Conselhos Deliberativo e Fiscal e representante da Aenfer junto ao Crea-RJ.
A solenidade que aconteceu no Auditório Demosthenes Rockert, sede da Aenfer,  foi conduzida pela mestre de cerimônia engenheira Mônica Baggetti. Ela salientou a importância deste evento para a classe ferroviária, destacando o crescimento da Aenfer que, após sua transformação como entidade moderna, foi fortificada com novos associados e continua escrevendo sua história de tradição ferroviária. A cerimônia foi acompanhada por diversas entidades de classe, associados, amigos e familiares que aplaudiram a escolha dos agraciados da Condecoração, homenagem instituída pela Aenfer desde 1997, com o objetivo de destacar ferroviários e ferroviaristas por suas contribuições em prol do desenvolvimento e preservação da ferrovia brasileira e sua história, assim como pela defesa da classe ferroviária. Na mesma ocasião, foram empossados 1/3 dos novos Conselheiros Deliberativo e fiscal e representante da Aenfer junto ao Crea-RJ.


   
Mestre de cerimônia Engenheira Mônica Baggetti


    
Público no Auditório da Aenfer

Compuseram a mesa de abertura com o presidente da Aenfer Luiz Euler Carvalho de Mello, o diretor-presidente da  Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social (REFER) Marco André Marques Ferreira, presidente do Clube de Engenharia Pedro Celestino Pereira, presidente da Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Leopoldina (AEEFL) Jair José da Silva e o presidente da Associação dos Aposentados da Rede Ferroviária (AARFFSA) Nelson Fernandes Cruz.

O presidente da Aenfer Luiz Euler falou em seu discurso que cada um dos presentes foi trazido por um propósito e um bom motivo: assistir a entrega da medalha e a posse dos Conselhos e na representação da Aenfer no Crea-RJ.

“O mérito que leva o nome do nosso patrono é uma grande honraria tanto para a Aenfer quanto para quem a recebe. Aquele que se destacou, uma vez indicado, passou por rígido critério de seleção para ser escolhido. A medalha representa o reconhecimento e a gratidão da Aenfer aos condecorados.
Aos conselheiros e à representante que tomam posse hoje tenho a dizer que estamos juntos neste voluntariado: Conselheiros, Diretores, Representantes e Associados, com um ideal de preservar o nosso passado, agindo no presente, não apenas com vistas à ferrovia do futuro, mas contribuindo efetivamente para o futuro da nossa ferrovia e do ferroviário”, disse.

 

Receberam a Condecoração os seguintes agraciados:

 

Antonio Carlos Dias Pastori

Economista, tornou-se ferroviarista quando conheceu o saudoso profº Victor José Ferreiroa. É integrante do Movimento de Preservação Ferroviária, da Academia Ferroviária de Letras e Associação Fluminense de Preservação Ferroviária. Criou o apelo: “Eu quero a volta do Trem” e luta pela reativação dos trechos de Petrópolis/Raiz da Serra; Barão de Mauá/Magé; Japeri/Governador Portela; Miguel Pereira/Paraíba do Sul (trens de passageiros e de turismo). Foi assessor da Secretaria de Transportes/RF, onde teve muita influência no desenvolvimento de projetos para a “volta do Brasil aos trilhos”. Empenha-se para a preservação da Memória Ferroviária.
 
O diretor Cultural e de Preservação da Memória Ferroviária Helio Suêvo com o presidente Euler faz a entrega da Condecoração ao homenageado Antônio Pastori

Eizi Nomiya (in memoriam)
Ingressou no quadro da RFFSA em 02/01/1978 como Programador de computador para atuar na área de T.I (Tecnologia da Informação) onde permaneceu até seu falecimento em 24/05/2014, prestando relevantes serviços para o desenvolvimento da RFFSA. Participou no desenvolvimento de diversos sistemas computacionais sendo o mais importante para a classe ferroviária SIAPES (Sistema de Pessoal), que uniformizou e dinamizou a área de Recursos Humanos da RFFSA. Recentemente participou no desenvolvimento do sistema CIDI (Controle do inventário da Documentação de Imóveis), que é de grande relevância para a Inventariança de Extinta RFFSA e que vem sendo utilizado por diversos órgãos de Governo como ANTT, DNIT, SPU e IPHAN.
  
A engenheira Lilian Scuett com o presidente Euler faz a entrega da Condecoração a  Cristina, viúva de  Eizi Nomiya

 

Genésio Pereira dos Santos

Advogado, Artífice mecânico – Oficina de Pontes de Governador Portela – 1957;

Assistente de Administração – Departamento de Transportes – AG RFFSA – 1972;

Técnico de Desenv. de Pessoal – Dir. de Pessoal RFFSA – 1980

Técnico de Desenv. de Pessoal – DRH CBTU – 1984;

Ass. de Controle e Gestão de RH – DRH CBTU – 1984;

Ass. de Diretor de RH – DRH CBTU – 1990;

Diretor de Adm. e Finanças – ONG MPF – 2008;

Membro da Academia Brasileira de Imprensa e da Academia Ferroviária de Letras. Autor de três livros: Um menino, um homem, um ferroviário; Pedaços de mim; No trem e no espaço. Defensor da ferrovia, em todos os âmbitos da administração pública e divulgador de todos os projetos de valorização e reativação de vários trechos ferroviários para uso turísticos.
 
Márcio Soares dos Santos, engenheiro e filho do condecorado, faz a entrega com o presidente Euler ao homenageado Genésio Pereira dos Santos

 João Bosco Setti

Engenheiro ferroviário, contribui para o progresso e preservação da memória ferroviária. Tem grande conhecimento, onde atua com a sua experiência e dinamismo em diversos casos e ações ferroviárias em todo o Brasil e com destaque especial pela sua luta incessante de mais de 30 anos de pesquisa, divulgação da história e na preservação ferroviária.
Presidente da Sociedade de Pesquisa para Memória do Trem, fundada em 1992; foi diretor regional da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF). Trabalha como consultor ferroviário em via permanente, operação ferroviária e preservação histórica, professor em curso de pós-graduação de Engenharia Ferroviária. Participa há vários anos em seminários nacionais sobre a preservação, revitalização ferroviária, implantação e operação de trens turísticos e culturais, além de reuniões técnicas do comitê metro ferroviário da ABNT, entre outros. Participou como autor ou co-autor de diversos livros, com foco na história, na evolução e estudos diversos de sistemas ferroviários.
  
 
O conselheiro da Aenfer José Pataro com o presidente Euler faz a entrega da Condecoração ao homenageado Bosco Setti

 

Joubert Fortes Flores

Engenheiro Civil e Eletrônico, admitido na RFFSA em 10/02/1953 como engenheiro estagiário, exercendo o cargo de engenheiro ajudante – Telégrafos no Dep. de Via Permanente em Praia Formosa tendo ocupado diversos cargos como Dir. Administrativo da REFER e chefe de Departamento de Eletrificações do subúrbio do Rio de Janeiro, sendo hoje reconhecido como uma referência para todos os engenheiros eletricistas do Rio de Janeiro que trabalham no setor metroferroviário.

  
O conselheiro da Aenfer Luiz Antônio Consenza com o presidente Euler faz a entrega da Condecoração à Mariana Flores, neta do homenageado Joubert Fortes Flores


Paulo Henrique do Nascimento

Fundador há 16 anos da ONG Movimento Nacional Amigos do Trem. Sem nenhum interesse financeiro e às suas próprias custas tem viajado por quase todo o país, no sentido de resgatar o transporte ferroviário, conseguiu juntamente com outros abnegados ferroviários aposentados, restaurar duas automotrizes e três carros poltronas e um restaurante do saudoso Santa Cruz. Apesar da forte oposição da MRS, depois de muita luta e perda da saúde, conseguiu finalmente sensibilizar a Prefeitura de Miguel Pereira com a inauguração do Trem Serra Azul.
   
O conselheiro da Aenfer Carlos Alberto Joppert com o presidente Euler faz a entrega da Condecoração ao homenageado Paulo Henrique

 

Membros de 1/3 dos Conselhos Deliberativo e Fiscal para a gestão 2015 a 2018 e representante da Aenfer junto ao Crea-RJ tomam posse

Após a realização da entrega da Condecoração, um momento também importante para a Aenfer foi a solenidade de posse dos novos membros de 1/3 dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, triênio 2015/2018 e representante da Aenfer junto ao Crea-RJ. Uma forma de renovar e integrar aqueles que participam efetivamente do quadro dos Conselhos desta entidade, dando sua contribuição e trazendo novas ideias e conquistas para a melhoria da classe ferroviária. Assinaram o livro e de posse os conselheiros efetivos:
Antonio Carlos Soares Pereira; Carlos Humberto Pinheiro da Costa; Carlos Roberto Monteiro Rommes; Jerônimo Puig Neto e Therezinha Maria Denys M. de Magalhães.


         


Vale lembrar que o engenheiro Ramiro Ramos do Nascimento foi eleito mas, de acordo com art. 26 parágrafo 4º do estatuto da AENFER, em vigor, o conselheiro Ramiro Ramos do Nascimento por estar ocupando cargo superior de Direção na empresa em que trabalha não assumiu, abrindo vaga para o suplente em sua categoria.
Como conselheiros especiais, tomaram posse Ana Maria Câmpio Gomes, Bina Burdman e Glória Maria Barbedo Marins Lima.


        


Conselho Fiscal: Luis Miguel de Lima Pimentel Pereira Gil



Representante da Aenfer junto ao Crea-RJ
Tereza Maria de Faria Pinho.

 
Ao fundo, conselheiros efetivos, especiais, conselheiro fiscal e representando junto ao Crea-RJ

Após a cerimônia, todos foram convidados a participarem do coquetel que também foi em comemoração aos aniversariantes do mês de setembro.


 

Voltar      

 

Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social - REFER
Rua da Quitanda, 173 - Centro - 20091-005 - Rio de Janeiro - RJ.
Central de Relacionamento com o Participante: 0800 709 6362
Todos os direitos reservados.